terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Beijos. Tchau.



Quero mudar de cidade. De país. De mundo.
Quero encontrar um lugar que eu não seja tão perdida.
Quero me achar. Ou então, me perder de vez.
Quero a verdade. Quero a durabilidade.
O gostinho bom e de quero mais da conquista.
Quero menos problemas e mais sorrisos.
Quero paz.
Mais paz. Pra mim, pros meus pais, pro vizinho e pro dono da padaria mais próxima.
Eu quero beijos, beijos longos, demorados, molhados.
Quero amores que me rendam boas canções.
Quero saudade de alguém que acabei de dar tchau.
Quero cumplicidade.
Quero um amigo pra me perder num abraço.
Abraço de verdade.
Que acolhe e trás paz.
Quero gritar.
Berrar.
Fazer ensurdecer.
Quero justiça.
Quero vida.
E vida digna.
Vida bem vivida.
Vida pra viver.
Quero uma mão boba num quarto e mãos dadas numa ruinha qualquer.
Quero ver o nascer e o por do Sol.
Quero ter certeza de que eu busquei saber quem eu sou.
Quem eu quero ser.
Ou sei lá, quem eu fui.
Eu me quero.
E por extrema necessidade, to deixando a preguiça de lado e to indo procurar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário